jul 01, 2015

Sobre: TOC, dieta, academia e se sentir bem!

Já perdi a conta de quantas vezes disse aqui em casa e pros amigos: “tô de dieta” ou “vou voltar pra dieta amanhã”. Uma porque eu fraquejo por gordices industrializadas e outra porque eu tenho um TOC com datas: não consigo começar a dieta no meio do mês. Sem zoeira, gente. Juro, é verdade.

comida-de-verdade-marmita-dieta

Então, pro meu TOC ficar bem feliz e eu demonstrar essa mulher forte que existe dentro de mim (eu sei que existe, sério): VOLTEI PRA DIETA!

Minha dieta não é mais maluca, é prescrita pela amada nutricionista Patricia Stach que atende particular aqui em Indaial e em Blumenau pela UNIMED. Cheguei no consultório contando pra ela minha história (longa, que contarei em outro post) e logo disse: preciso e quero comer comida de verdade. A nutrilinda ficou felizona, porque é assim mesmo que ela prefere tratar os pacientes. Eu não sou fã de fruta, verdura, legumes. Se deixar eu como miojo e salsicha todos os dias. Bem trash, eu sei… mas é que… :(
Enfim: quando me proponho a comer, eu como comida de verdade. Sem falar que eu amo cozinhar e preparar minha comida. YEAH, ponto pra mim!

A dieta é rica em frutas, verduras, legumes, fibras e claro, carboidrato e proteína. Sempre carboidrato e proteína do bem e o menos industrializado possível. Cortei glúten e lactose por opção, pra desinchar e regular melhor o intestino – tem milhares de estudos defendendo e protegendo o glúten, porém, resolvi testar em mim e segui com o resultado que é melhor cortar por períodos, até pelo fato da compulsão que o trigo cria no meu paladar, unfs. Na minha família existem muuuitos casos com problemas cardíacos e propulsores como: diabete, colesterol, pressão alta e obesidade. OU SEJA, meu DNA ajuda muito pro lado ruim. O bom disso é eu ter ciência desses fatos pra cuidar da saúde feito um anel de diamantes.

meme-academia

Pra valer a reeducação alimentar, tcharam: VOLTEI PRA ACADEMIA! – que é o sacrifício maior. Como hoje é o início do novo mês, do novo semestre… vale a pena começar cuidando em sincronia pra ter mais saúde e voltar a vestir o biquíni de 2012 nesse verão de 2016. Eu detesto exercício físico, prefiro ficar colada no Netflix, dormir, meu sofá etc… mas faz uma baita diferença acordar cedo e exercitar o corpo, liberar serotonina, aproveitar mais o dia! Recomendo essa sensação de dever cumprido.

love-yourself-love-yourbody-quotes

Sou muito sincera comigo e com vocês: não adianta eu fingir que tô cuidando só da saúde, porque também tá no foco o físico. Sem pré conceitos de eu não gostar das minhas curvas, mas EU prefiro MEU corpo um pouco mais magro do que está. Me sinto mais leve, mais disposta e mais feliz com as roupas servindo melhor. Não vou subir bandeira sobre o assunto do culto ao corpo X amor próprio, defendo que cada um se ame do jeito que é e que busque o que acha melhor pra si. Cultivar corpo com mente e alma, é o que eu defendo. :)
Esse lance todo de dieta e exercícios é mais pra provar pra mim mesma o quanto eu posso superar minhas fraquezas e ir além do meu limite… mas se eu escorregar dia ou outro, tudo bem… não tem regra.

SEM FALAR DA DIETA SEM CELULAR, vish… se deixar esse post vai longe e já falei demais, hehe.

Quem quiser saber como funciona pra se consultar com nutricionista pelo plano da UNIMED, dá um alô nos comentários que eu falo mais, tá?
Pra marcar consulta particular com a nutri, é só clicar aqui.
Beijocas :*

comentários via facebook

2 comentários via blog deixe o seu →

  1. Monike comentou:

    Continua contando sua saga, vou precisar de inspiração depois que a Olívia nascer :)

    Responder
    1. Oun, ter tu lendo por aqui me motiva mais! Vou contar e depois vamos juntas nessa!

      Responder

Deixe um comentário